A amamentação é um momento importante, não só pela troca de afeto entre a mãe e o bebê, como também pelos benefícios que o leite materno traz para a criança. Uma das preocupações das grávidas, principalmente as de primeira viagem, é sobre os cuidados que elas devem ter com as mamas para estarem prontas para a amamentação. A ginecologista e obstetra Dra. Erica Mantelli dá dicas e esclarece o que realmente deve ser feito.

amamentar-preparar-o-seio-amamentação

Foto: Site Vix

Estimular o bico

Se o obstetra diagnosticar que o mamilo da gestante é plano ou invertido, indica-se que ela faça massagens prendendo-o entre o polegar e o dedo indicativo com leves movimentos de rotação para a esquerda e direita. “Outra opção nesse caso é usar um sutiã com um pequeno buraco apenas para o mamilo ficar de fora, estimulando sua formação”, explica Erica.

Banho de sol

Para ajudar o mamilo e as aréolas a ficarem mais resistentes e, com isso, diminuir a chance de rachaduras e machucados, é indicado que a mãe tome sol com frequência durante a gestação. Com o uso de protetor solar, 15 minutos de exposição ao sol antes das 10h ou após as 16h já são suficientes. Segundo a ginecologista e obstetra, o banho de luz também pode ser feito com uma lâmpada de 40 watts a uma distância de 15 cm de pele.

Sutiã adequado

“Desde a gravidez a mulher precisa adaptar o sutiã ao novo tamanho e peso das mamas para evitar dor nos ombros, nos seios e estrias”, explica Erica. No período de amamentação as mamas podem ficar ainda maiores e mais pesadas, por isso é indicado o uso de um sutiã com boa sustentação, alças mais largar e fácil de ser aberto.

Loção Hidratante

Durante a gravidez e a amamentação a mulher pode usar loção hidratante apenas nas mamas, evitando a aréola e os mamilos. “A hidratação deixa a pele mais fina, mais suscetível à rachaduras e machucados, por isso a área dos mamilos e aréolas devem ser evitados”, destaca a ginecologista e obstetra.

Higiene

Na hora de amamentar a mãe deve lavar as mãos e fazer a higiene do mamilo e aréola com um algodão embebido em água. É importante que o bebê seja posicionado corretamente e que a mãe se certifique que a boca do bebê conseguiu cobrir todo o mamilo e aréola. “A amamentação pode até ser um pouco desconfortável no início, mas não deve doer e ser um transtorno”, afirma Erica. A médica destaca que se o peito estiver doendo, apresentar machucados, sangrar ou a produção de leite estiver insuficiente, o ideal é que a mãe procure seu médico o quanto antes.

 

Fonte: Vix

Write a comment:

*

O seu endereço de email não será publicado

2017 © Copyright - Dra. Erica Mantelli | Ginecologista e Obstetra
CRM-SP 124.315 | RQE 36685

   

Design by formulaideal